DVD - Tempo Tempo Tempo Tempo Ver maior

DVD - Tempo Tempo Tempo Tempo

7898324757082

Produto novo

Tempo, Tempo, Tempo, Tempo é o novo DVD de Maria Bethânia, com imagens do show em que a cantora comemora 40 anos de carreira, gravado no CIE Musica Hall, em São Paulo. Durante todo o ano de 2005 em que comemora 40 anos de carreira, desde que estreou no Teatro Opinião Maria Bethânia apresentou o show Tempo Tempo Tempo Tempo nas principais capitais brasileiras e também em Portugal, Espanha e Argentina. Agora, a Biscoito Fino lança o espetáculo na íntegra, em DVD gravado ao vivo, em agosto de 2005, no Cie Music Hall, em São Paulo. No show, Maria Bethânia recria quatro décadas dos compositores mais presentes em sua trajetória: Chico Buarque (Quem te viu, quem te ve, Olhos nos olhos, Teresinha), Caetano Veloso (Oração ao tempo, Reconvexo, Nossos Momentos), ...(Resumo completo abaixo)

Mais detalhes

Este produto não está mais em estoque

R$ 55,00

Mais informações

Tempo, Tempo, Tempo, Tempo é o novo DVD de Maria Bethânia, com imagens do show em que a cantora comemora 40 anos de carreira, gravado no CIE Musica Hall, em São Paulo. Durante todo o ano de 2005 em que comemora 40 anos de carreira, desde que estreou no Teatro Opinião Maria Bethânia apresentou o show Tempo Tempo Tempo Tempo nas principais capitais brasileiras e também em Portugal, Espanha e Argentina. Agora, a Biscoito Fino lança o espetáculo na íntegra, em DVD gravado ao vivo, em agosto de 2005, no Cie Music Hall, em São Paulo. No show, Maria Bethânia recria quatro décadas dos compositores mais presentes em sua trajetória: Chico Buarque (Quem te viu, quem te ve, Olhos nos olhos, Teresinha), Caetano Veloso (Oração ao tempo, Reconvexo, Nossos Momentos), Gonzaguinha (O que é o que é), Dona Ivone Lara (Nos combates desta vida), Roberto Mendes (Iluminada, Estranho rapaz), Rosinha de Valença (Usina de prata). O tempo de Bethânia une o samba de Paulo Vanzolini (Volta por cima) ao de Frazão e Benedito Lacerda (Sabiá de Mangueira); o ultra-popular Benito de Paula (Vai ficar na saudade) à sofisticação de Maysa (Resposta); o rock de Raul Seixas e Paulo Coelho (Gitã) ao de Carlos Imperial e Eduardo Araújo (Vem quente que eu estou fervendo); o acento nordestino de João do Vale (Carcará) ao samba do Recôncavo de Roque Ferreira (Foguete); a toada de Lupicínio Rodrigues (Felicidade) à da dupla Ary Pavão e Pedro de Sá Pereira (Chuá, chuá). De gerações posteriores, Bethânia recria com a mesma intensidade o barroco de Flavio Venturini, em Céu de Santo Amaro, adaptação de J.S. Bach; o ambiente pantaneiro de Almir Sater, em Planície de Prata; o samba com surpreendente sotaque dos pampas de Totonho Villeroy, que criou Um dia pra vadiar, em homenagem a Vinicius de Moraes, especialmente para o espetáculo. Não por acaso, Vinicius de Moraes constitui um caso a parte neste show e na própria carreira de Bethânia. Em 1965, horas antes de estrear no espetáculo Opinião, recém-chegada no Rio, a jovem cantora se encontraria pela primeira vez com o poeta. Arrebatado pela musicalidade e pelo canto de Bethânia, Vinicius foi categórico: Maria Bethânia canta com a liberdade dos pássaros. É o encontro do céu com a terra, um casamento do mundo com o infinito, declarou, na época. Seguindo a trilha de seu mais recente CD, Que falta voce me faz, somente com músicas de Vinicius, o espetáculo inclui parcerias do poeta com Antonio Carlos Jobim (Olha Maria, Modinha, A felicidade, Lamento no morro, Monólogo de Orfeu, Soneto de separação, Mulher sempre mulher); Baden Powell (O astronauta, Formosa, Samba da benção); Carlos Lyra (Voce e eu); Chico Buarque (Gente humilde, a partir de tema de Garoto). Há ainda parcerias bissextas de Vinicius com Adoniran Barbosa, em Bom dia tristeza, e Jards Macalé, em O mais-que-perfeito. Há ainda uma versão de Caetano Veloso para Nature Boy (Estranho rapaz), de Eden Ahbez, canção que Bethânia recorda como uma das favoritas do poeta. No palco, Maria Bethânia é acompanhada por Jaime Alem (arranjos, regencia, violão); João Castilho (violão, guitarra); João Carlos Coutinho (piano); Rômulo Gomes (baixo); Marcio Mallard (violoncelo); Marcelo Costa e Reginaldo Vargas (percussão). A cenografia é de Daniela Thomas e Marcia Moon; iluminação de Maneco Quinderé. No extra, o DVD apresenta Bethânia na intimidade de sua casa no Rio, entre livros e canções, sob a viola caipira de Jaime Alem. Ao lado de seu maestro, Bethânia canta o clássico Tristeza do Jeca; Tocando em frente, de Almir Sater e Renato Teixeira; Canto do Pajé, de Villa-Lobos; Ciclo, poema de Nestor de Oliveira, musicado por Caetano Veloso; Motriz, em que Caetano homenageia a paixão do pai pela literatura. As letras, por sinal, dão a tônica deste momento tão particularmente afetivo, em que Bethânia recita e comenta alguns de seus poetas favoritos. De Clarice Lispector (incluindo a participação da atriz Renata Sorrah) ao santamarense Arthur de Salles, passando por Ascenso Ferreira, Sophia de Mello Breyner, Neide Archanjo, Waly Salomão, Ramos Rosa, Patativa do Assaré, Mario de Andrade, Guimarães Rosa e até a fadista Amália Rodrigues. O projeto gráfico do DVD é de Gringo Cardia e a direção geral do show e do DVD, de Bia Lessa.

Código de Barras: 7898324757082

Tipo de Item: DVD

Formato da Edição: DVD

Data de Lançamento: 2001-10-31

Título: Tempo Tempo TempoTempo

Artista(s): Maria Bethânia

EAN: 7898324757082

Gravadora: Biscoito Fino

(Os dados técnicos do produto informados acima foram fornecidos pelo fabricante. Embora não seja comum, variações podem ocorrer)